1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Como funciona o Novo Ensino Médio?

Se você é estudante, já deve ter ouvido falar em algum lugar sobre o Novo Ensino Médio e a reforma. Esse é um dos tópicos mais discutidos e abordados ultimamente, afinal, é uma grande mudança que deverá ocorrer nos próximos anos.

Todos devem ficar por dentro da Reforma do Ensino Médio até porque mesmo que você não seja mais estudante, alguém de sua família, com certeza, passará por esse processo. Ainda não sabe como vai funcionar? Veja as principais informações e fique por dentro do assunto.

O que é o Novo Ensino Médio?

O Novo Ensino Médio prevê uma grande mudança estrutural dentro do sistema educacional que está em vigor atualmente. Mas, afinal, qual a justificativa para tal reforma? De acordo com o Governo Federal, ela deve garantir uma melhoria dentro do ensino, além de promover uma maior flexibilidade na grade curricular dando a chance aos estudantes de afunilarem melhor os seus estudos de acordo com a área que mais gostam.

Acesse e saiba mais informações: Educa Mais Brasil Portal do Aluno

Como funciona o Novo Ensino Médio

No total, o Governo Federal brasileiro deverá investir mais de R$ 1,5 bilhão de reais na reforma e pretende, até 2018, e, já ter 500 mil estudantes no novo Ensino Médio que também será integral. Assim, os estudantes passarão mais horas dedicados aos estudos e dedicados às matérias que mais têm a ver com a profissão que deseja seguir.

Novo Ensino Médio

Novo Ensino Médio. Imagem:divulgação

As mudanças do Ensino Médio estão previstos pela Lei 13415/17, regularizando tudo o que deve entrar de novo nas escolas. A Lei foi sancionada pelo presidente Michel Temer em fevereiro deste ano e prioriza a flexibilidade da grade curricular de uma forma que prioriza matérias consideradas importantes para qualquer educação básico e outras que são mais específicas.

O que muda no Novo Ensino Médio

A principal mudança que ocorrerá no Novo Ensino Médio é em questão à carga horária, afinal, o plano é que a escola passe a ser integral. Para isso, o Ensino Médio passará a ser, gradualmente, de 800 horas para 1,4 mil horas, onde os alunos deverão se dedicar integralmente para as matérias básicas e também optativas.

Outra mudança, que deve ocorrer de acordo com a carga horária, é flexibilização do currículo que será dividido duas importantes partes. A primeira delas será apenas com matérias obrigatórias e consideradas básicas para qualquer tipo de formação e profissão.

Novo Ensino Médio

Novo Ensino Médio. Imagem:divulgação

Depois, a segunda parte é dedicada para as matérias optativas. Aqui, o estudante terá uma determinada carga horária para cumprir com as matérias que ele escolher fazer. Com isso, cada aluno, basicamente, terá uma grande curricular feita só para ele.

Também deve ser implementado um modelo de Ensino Técnico, mas calma porque você não terá que estudar além das 1,4 mil horas. Pelo contrário, os cursos técnicos serão implementados já nas horas planejadas do ensino integral. Outra vantagem é que os estudantes do Novo Ensino Médio terão créditos nas matérias para serem usados quando entrarem em algum curso de graduação no Ensino Superior.

Acesse e saiba mais informações: 9 dicas para organizar sua rotina de estudos

Quando entra em vigor o Novo Ensino Médio

Ainda não se tem uma data específica para a implementação do Novo Ensino Médio, mas a previsão é que as primeiras escolas comece a ser beneficiadas já em 2018. Toda a mudança dependerá da homologação da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Quando isso acontecer, o ano letivo seguindo já estará dentro das leis do Novo Ensino Médio.

Não deixe de ficar por dentro de tudo o que acontecerá com o Novo Ensino Médio. Essa é uma grande mudança que ocorrerá no ensino brasileiro. Para mais informações, acesse o site do Ministério da Educação pelo link http://portal.mec.gov.br ou converse diretamente com a sua escola.