Tem problemas com o Português? Saiba como Mandar Bem!

Se você pretende prestar Vestibulares, ENEM, exames, concursos ou qualquer outro tipo de prova saiba que entender a gramática e conhecer a norma culta da língua portuguesa faz toda a diferença.

Faz tanta diferença que pode ser o ponto chave para que você ganhe aquela vaga de emprego, consiga uma bolsa de estudo ou ainda consiga a pontuação máxima para entrar nas melhores Universidades do país.

Porem não precisa se desesperar por ter problemas com o português, afinal ele é um dos mais difíceis do mundo, e pensando nisso nós separamos algumas dicas infalíveis para que você nunca mais erre a escrita ou uma pronúncia.

Dicas para acabar com os erros de português

  • Crie o hábito da Leitura

Crie o hábito de ler jornais, revistas, livros, notícias de internet e etc… Isso fará com que você entre em contato com diferentes tipos de escrita e consiga gravar novas palavras, expressões além de adquirir novos conhecimentos para produzir textos, dissertações e redações.

Pois a verdade é uma só, quem lê muito consegue se expressar com melhor clareza e facilidade tanto na escrita quanto na fala, porem se você quiser saber mais sobre a gramatica da língua portuguesa aqui vão algumas dicas de livros que auxiliarão a melhorar sua grafia:

  • Dicionário Houaiss
  • Dicionário Houaiss de Antônimos e Sinônimos
  • Livro de Regência Nominal do Luft
  • Livro de Regência Verbal do Luft
  • Tenha cuidado com as concordâncias.

Este é um dos erros mais comuns cometidos no português, à concordância verbal, o verbo sempre concorda com o sujeito, e isso vale tanto para quando ele vem antes ou depois do sujeito.

Lembrando que o sujeito e o verbo devem concordam em gênero, número e grau.

Exemplo de erros cometidos no português:

  • Eles vai (errado) o correto seria “Eles vão”
  • Eles estava (Errado) o correto seria “ Eles estavam”

Uma ótima dica para melhorar sua concordância é assistir vídeos no youtube, lá existem milhares de vídeos que explicam como são empregadas as concordâncias verbal e nominal.

  • Evite vícios de Linguagens

Outro erro muito comum são os vícios de linguagens adquiridos e que interferem muito na hora de escrever ou de falar com uma pessoa. Estes vícios podem ser repetições gramaticais, redundâncias, palavrões, gírias e abreviações, erro na pronúncia e grafia das palavras.

Em uma entrevista de emprego, por exemplo, jamais utilize expressões como “Tá Ligado” ou “Mano”, isso mostra desleixo, o que dependendo do cargo pode resultar em não contratação.

bolsa de estudo. Imagem:divulgação

Esta dica também é valida para a escrita, que deve ser sempre feita na norma culta da língua portuguesa.

Um exemplo clássico é a palavra “Problema”, que muitas pessoas escrever e falam Probrema, Poblema, porem o correto é Problema, ou então à palavra “Asterisco” no qual muitas pessoas escrevem e pronunciam “Asteristico”.

É necessário sempre estar atento quanto à grafia correta das palavras, escreva somente quando tiver certeza que a ortografia está correta, caso não tenha, consulte um dicionário ou utilize sinônimos.

  • Tenha cuidado com as Expressões MIM

Este é um erro muito comum tanto na escrita quanto na fala de muitos brasileiros, porem devemos lembrar que a expressão MIM não conjuga verbo, então ela não pode ser utilizada como sujeito de uma frase, portanto “Mim não faz nada”.

Bolsa de Estudo. Imagem:divulgação

Ex: Ele mim mandou um relatório (Está incorreto)

O correto seria “Ele me enviou um relatório” ou “Ele enviou um relatório para mim”.

  • Evite o Gerundismo

O gerúndio é utilizado para ações que são continuas e que estão em andamento, portanto se você escrever uma redação ou e-mail evite utilizar o gerúndio, pois isso quer dizer que você poderá ou não realizar aquela determinada ação, lembrando que esta regra também se aplica a fala.

Exemplo:

  • “Vou estar encaminhando o e-mail” (errado) o correto seria “Vou encaminhar o e-mail”.

Vale ainda lembrar que existem diversos outros erros que são cometidos no dia a dia na hora de empregar a norma culta da língua portuguesa, tais como:

  • A utilização correta do porquê, por quê, porque e por que.
  • A empregabilidade correta das palavras Fazem e Faz
  • A expressão “De menor”
  • Diferença entre as palavras Aonde e Onde

bolsa de estudo. Imagem:divulgação

Saiba que na internet existem diversos sites que você pode acessar o conteúdo para melhorar o seu português, tais como:

  • com.br
  • Português.com.br
  • com.br

Outra forma de aprender mais sobre o português ou de adquirir conhecimento é através do programa Educa Mais Brasil que a mais de 10 anos vem ajudando milhares de pessoas a estudar.

O programa auxilia pessoas do Brasil inteiro a conseguir bolsas de estudo de até 70% em cursos de graduação, pós-graduação, preparatórios, idiomas, linguística, técnicos, Educação básica, e muitos outros. Então não perca tempo, comece a estudar agora com o Educa Mais Brasil.